HOSPEDAGEM: ONDE FICAR EM BARCELONA
13 de outubro de 2015
0

Ah, Barcelona! ♥

Eu tinha a mania de adiar os meus sonhos. Talvez porque sabia que uma vez realizado, não seria mais sonho e toda aquela história bonita na minha cabeça não existiria mais.

Barcelona sempre foi a cidade que eu mais queria conhecer na Europa e por um simples motivo idiota: É a que mais me lembra o Rio de Janeiro no continente europeu. Eu costumo chamar a cidade de “Rio de Janeiro que deu certo”.

Tanto calor envolvido e eu nem quis pesquisar muito antes de ir porque queria ser surpreendida e a primeira surpresa foi que, ao contrário do Rio de Janeiro, Barcelona é um ovo!

Portanto, não importa onde você fique, dá para fazer muita coisa a pé. Principalmente se ficar no Bairro Gótico (indicado com um X no mapa), que foi onde eu fiquei. Se você não quiser errar na hospedagem em Barcelona, escolha esse bairro que eu te garanto que você não vai se arrepender.

Mapa de Barcelona por Amaia Arrazola
Mapa por Amaia Arrazola.

O Bairro Gótico é repleto de história, arte, ruas estreitas que parecem labirintos (mas com lojinhas MUITO charmosas) e casa do Museu Picasso, que tem a lojinha de museu mais legal do universo. Sério, eu acho que passei mais tempo lá dentro do que vendo a exposição e comprei um milhão de coisas.

bairro-gotico-01

bairro-gotico-02

EQUITY POINT GOTHIC

O Equity Point tem duas unidades em Barcelona. A outra fica no Eixample (um pouco mais acima no mapa), é muito maior e tinha reviews ruins sobre a grande circulação de gente e falta de áreas comuns. O Gothic parecia ser mais aconchegante e incluía o café da manhã, portanto escolhemos ficar nesse.

Foi a primeira vez que fiquei num quarto de 18 pessoas e confesso que estava tensa por dormir com tanta gente, mas eles tem um esquema de mezanino + cortina individual que faz tudo parecer mais privativo. Eu fiquei em uma das camas de cima e adorei porque dava para organizar as coisas de uma forma melhor, tinha cabideiro, locker que era usado como mesinha de cabeceira e ainda um espaço que eu chamei de “varandinha”.

equity-point-barcelona-01

equity-point-barcelona-02

DICA DE QUARTO:

Porém, nem tudo são flores.

O hostel fica numa rua que não parece, mas é muito movimentada. Durante a noite e a madrugada, muitas pessoas passam por ali fazendo barulho demais, além do lixeiro e aquele carro-máquina que usam para lavar as ruas sem dó nem piedade. A minha cama era a que ficava mais perto da janela e vocês imaginam o que eu sofri, né?

Além disso, nas últimas noites, chegou um cara que ficou na cama debaixo da minha que roncava MUITO. Sério, gente! Tentei meditar, ler, dormir ouvindo música, mas nada abafava o som do ronco. E como eu iria embora no dia seguinte e teria que fazer o check-out bem cedo, tive que ir a recepção avisar que dormiria num dos sofás da área comum (só para depois não me encontrarem lá e não entenderem nada) e o atendente me deixou dormir em outro quarto.

Este quarto era o último do corredor e as janelas já davam para a rua de trás e, por isso, era muito mais silencioso do que o que eu estava. Portanto, veja se não tem como te colocarem nele desde o início. Aliás, veja se esse é o quarto de 14 ou 18 porque eu não cheguei a contar as camas. A desvantagem é que não tem mezanino nem cortininha, mas isso não chega a ser problema nenhum.

equity-point-barcelona-04

equity-point-barcelona-03

Ah! Outra coisa que adorei nesse hostel é que ele tem vários lavabos e banheiros, além de um terraço enorme onde você pode tomar sol ou só ficar de boa por lá.

Você também tem dicas de hospedagem em Barcelona? Então, não esqueça de deixá-la nos comentários! 😀

Designer de Moda/Gráfico Freelancer que mora em Portugal, ama animais, viajar, divagar e escrever sobre isso.
Minhas inspirações visuais e musicais estão sempre pelas minhas redes sociais, logo aqui embaixo, ó.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.